Conheça a plataforma open source de Internet das Coisas (IoT) do IBTI

plataforma-iot-ibti

Segundo dados da Cisco Annual Internet Report de 2020, a expectativa é que a Internet das Coisas (IoT) movimente cerca de US$ 19 trilhões até 2023. A América Latina será responsável por US$ 860 bilhões, enquanto o Brasil consumirá US$ 352 bilhões. Assim, o mercado nacional de IoT segue crescendo em uma taxa média de 20% ao ano.

Aproveitando esse cenário de crescimento constante e seguindo seu objetivo de trazer inovação para o país, o Instituto Brasília de Tecnologia e Inovação – IBTI está desenvolvendo uma plataforma IoT exclusiva, própria e, principalmente, adaptável a diversos dispositivos de diferentes tecnologias.

Criada com o padrão Open Source, para facilitar sua adoção e disseminação,  a plataforma possui capacidade de armazenamento com alta escalabilidade, suportando de uma pequena operação a uma produção empresarial completa com centenas de milhares de dispositivos, o que resulta em um menor custo para o cliente.

Segundo o coordenador do projeto de desenvolvimento da Plataforma IoT do IBTI, Fábio Buiati, o selo de membro oficial Lora Alliance que o Instituto possui, vai ao encontro dessa estratégia de transformar o local em um centro de referência nacional em Internet das Coisas e facilita a expansão da plataforma, “pois os clientes, fabricantes de dispositivos e os provedores de serviços em nuvem podem implementá-la facilmente e, dessa maneira, expandir seus produtos e soluções de IoT.”

A plataforma oferece mapeamento, visualização e gerenciamento completo com a possibilidade de rastrear seus dispositivos em tempo real ou obter dados de posicionamento de acordo com a data desejada. Capacitada com um módulo de Analytics, ela mantém documentada todas as informações captadas, sendo possível visualizá-las de acordo com a preferência do cliente, seja com painéis, gráficos ou relatórios personalizados. 

Outro ponto de destaque mencionado pelo coordenador do projeto é o módulo de inteligência: “oferecemos um módulo totalmente customizável de acordo com os requisitos de negócio da aplicação de cada cliente. Dessa forma, o sistema permite a definição de alertas automáticos que podem ser enviados via SMS, e-mail e outros canais de comunicação. Isso pode ser feito por tipo de dispositivo, por tecnologia, por região geográfica ou por data.” 

Quando se trata de IoT, a maior preocupação dos consumidores é a segurança e privacidade. Pensando em como solucionar esse problema, a plataforma IoT armazena os dados a partir de clusters distribuídos que garantem a sua integridade e disponibilidade, além de possuir todos os seus serviços protegidos seguindo os padrões de autenticação Auth2.

Clique aqui para saber mais sobre a PLATAFORMA IOT DO IBTI. 

Interação da Plataforma com o protocolo LoRaWAN®

LoRa® é uma tecnologia de radiofrequência que permite comunicação a longas distâncias com um diferencial valioso: consumo mínimo de energia. Suas principais aplicações são em sistemas de IoT como sensores e monitores remotos (pressão, luz, on-off, temperatura e etc).

LoRaWAN® é o nome dado ao protocolo que define a arquitetura do sistema, bem como os parâmetros de comunicação usando a tecnologia LoRa®. Ele implementa os detalhes de funcionamento, segurança, qualidade do serviço, ajustes de potência e os tipos de aplicações, tanto do lado do módulo quanto do servidor.

Atualmente, para o desenvolvimento e testagem da Plataforma IoT e em parceria com a American Towers do Brasil, existem Gateways espalhados pelo país em diversas torres de transmissões. A plataforma fica consumindo os dados desses Gateways e mostrando o estado de cada Endnode conectado a ele.

Com o diferencial do baixo custo e consumo dos dispositivos LoRa®, o IBTI consegue aumentar a durabilidade da bateria e diminuir os custos de manutenção e operação das negociações envolvendo a plataforma IoT.

O IBTI e a Internet das Coisas (IoT)

O setor de IoT do IBTI é formado por Doutores, Mestres e Especialistas com ampla experiência em diversas áreas, como Tecnologia da Informação, Computação, Análise de Dados e Engenharia de Hardware e Software. O Instituto desenvolve e fornece dispositivos e sensores de hardware, bem como os adquire de empresas que projetam, para customizar de acordo com a necessidade prévia de clientes. 

Conheça alguns diferenciais do Instituto de Ciência e Tecnologia que possibilitaram a criação e a diferenciação da plataforma:

  • Diversidade de dispositivos e sensores cadastrados e funcionando na plataforma, permitindo visualização e rápida implementação de qualquer solução de IoT;
  • Equipe de pesquisadores e desenvolvedores de hardware e software que utilizam a tecnologia mais adequada a necessidade do cliente, variando de soluções baseadas em LoRaWAN®, Sigfox, GSM, RFID, dentre outros;
  • Preenchimento da lacuna entre a IoT e a TI tradicional, configuração e execução de infraestruturas de TI para IoT.

Além da Plataforma IoT, o IBTI possui os seguintes projetos em andamento na área de IoT:

Sobre o IBTI

O Instituto Brasília de Tecnologia e Inovação – IBTI surgiu em 2008 com a missão de  fomentar o desenvolvimento profissional, o empreendedorismo e a inovação tecnológica no Parque Tecnológico de Brasília.

Acreditamos que a capacidade de inovar é o combustível necessário para percorrer o caminho do desenvolvimento. Estimulamos o desenvolvimento profissional em áreas de conhecimento intensivo como a formação de capital humano, única forma reconhecidamente capaz de promover o aumento da riqueza de uma região.

Atuamos em diversas expertises, como: desenvolvimento de software e hardware; inteligência Artificial (IA), internet das coisas (IoT), ciência de dados (data science), indústria 4.0, EDGE computing; business intelligence (BI); interoperabilidade de sistemas e muito mais. Além da incubadora, fornecemos treinamentos, consultoria e serviços tecnológicos.

Clique aqui para saber mais sobre o IBTI.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.